........ ........ ........ OUÇA O MELHOR DA MÚSICA AQUI http://www.novaaliancafmgdias.com.br/

03 dezembro 2016

CIDADE DE GOV. EUGÊNIO BARROS NA ESPERA DA CASSAÇÃO DO MANDATO DA PREFEITA DALUZ, ACUSADA DE COMPRA DE VOTOS

Na cidade de Governador Eugênio Barros - MA, a população espera de forma fervorosa a cassação dos mandatos da Prefeita eleita Daluz, seu vice Nabi Madeira e do vereador Renato Lima (Renatinho), os mesmos foram denunciados por compra de votos (Reveja a matéria aqui). Como foi publicado neste blog, a coligação "Um novo rumo para Governador Eugenio Barros", que teve como candidato a prefeito, Rogerio do Conal e vice Neto do Janjão, protocolou uma ação no TRE da cidade no dia 11 de novembro contra a prefeita reeleita Daluz e o vice Nabi Madeira, vencedores pela Coligação “Juntos Somos Mais Fortes”, o processo entrou em trâmite legal no Cartório Eleitoral 108 zona em Gov. Eugênio Barros em competência da Juíza Sheila Silva Cunha.
Daluz é acusada de abuso de poder econômico e compra de votos, os fatos foram presenciados pelo Promotor de Justiça e comprovados pelo Delegado de Policia Civil. Outro fato que chamou a atenção da população da cidade foi a grande ostentação de dinheiro por parte de aliados da prefeita em redes sociais, fato que mostra que o uso do grande poder econômico estava às claras no grupo da Daluz, mesmo a campanha tendo limites gastos bem baixos.
Lembramos que a famosa compra de votos, espécie do gênero abuso do poder econômico, “está prevista no art. 41-A da Lei nº 9.504/1997 e busca reprimir doação, oferecimento, promessa, ou entrega, ao eleitor, pelo candidato, com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública, desde o registro da candidatura até o dia da eleição, inclusive, sob pena de multa de mil a cinquenta mil Ufirs, e cassação do registro ou do diploma.”

A população de Eugenio Barros já se manifesta nas redes sociais, aguardando de forma ansiosa que a Juíza Sheila Silva Cunha que responde pelo Cartório Eleitoral da cidade assine o processo de cassação de mandato antes do recesso de fim de ano que iniciará no dia 20/12/2016, a população da cidade já cogita realizar manifestações populares pelas ruas contra a diplomação que acontecerá no dia 15/12/2016 da até então prefeita Daluz. Nós acreditamos na Justiça, o abuso de poder econômico e compra de votos por parte de um candidato, só mostra que o mesmo não tem compromisso com a sua população e nem respeito com a lei a qual ele deve seguir. Aguardamos de forma acreditada que o processo de cassação que já se encontra na mesa da Juíza logo será assinado, mostrando para toda a população de o poder econômico não é maior que a Justiça.

Arena Condá lotada recebe corpos das vítimas do acidente e agradece apoio

Reprodução: Superesportes
A forte chuva que cai em Chapecó na manhã de hoje (3) não espantou o público que aguardou desde cedo a chegada dos corpos das vítimas do acidente aéreo na Colômbia com o time da Chapecoense. Os corpos chegaram por volta das 12h25 ao estádio, depois de um cortejo que percorreu as ruas da cidade. As arquibancadas estão lotadas de torcedores que, emocionados, se abrigam debaixo de capas e guarda-chuvas.
Em várias partes do estádio que recebe o funeral coletivo vê-se faixas em agradecimento ao povo da Colômbia, país onde ocorreu o acidente e que prestou o atendimento e o resgate das vítimas. Na última quarta-feira (30), uma cerimônia muito emocionante em homenagem às vítimas foi realizada no estádio de Medellín, exatamente no horário em que seria disputada a final da Copa Sul-Americana.
Alguns torcedores levaram à Arena Condá, inclusive, a bandeira colombiana. “Colombia, gracias por todo”, é o que diz uma das faixas. Outra, em inglês, diz “A todo mundo, o que nos resta é agradecer”.
“O carinho que eles [colombianos] tiveram com todo o povo chapecoense, com todos os brasileiros, foi muito comovente. Por mais que a gente queira demonstrar o quanto estamos gratos, não há palavras para dizer o quanto estamos hornados por tê-los como irmãos, vizinhos. Eu acho que Deus colocou uma nação muito nobre, muito educada e cheia de princípios para ensinar para todo mundo a fraternidade e a solidariedades. Esses professores são os colombianos”, disse Gustavo Braun, corretor de seguros que levava uma das faixas.
Fonte: Agência Brasil

Infeliz, vereador eleito por Presidente Dutra faz visita ao Palácio dos Leões


O ex-coveiro Ozenílson José Pereira Alves (PCdoB), carinhosamente chamado por Infeliz, eleito vereador por Presidente Dutra com a avantajada soma de 1.487 votos, esteve no decorrer dessa semana visitando a capital do Estado, São Luís. Um dos compromissos do vereador eleito era de detalhar nos microfones da Rádio Timbira, a mais tradicional do estado, os caminhos que lhe conduziram a fragorosa vitória nas urnas, já que ele era um simples coveiro e sem nenhuma expressão política.
Infeliz teria dito a todos os ouvintes da Rádio Timbira que sua vitória nasceu do povo, veio dos amigos que abraçaram sua candidatura e investiram em seu nome, tornando o forte e competitivo dentro do cenário local. Um desses amigos que Infeliz encontrou na sua estrada foi o Superintendente Regional de Articulação Política, Ricardo Lucena, homem que lhe deu abrigo partidário e semeou seu nome entre outras lideranças, como o empresário Rômulo, filho de Raimundinho da Audiolar, que custeou grande parte de sua campanha, alcançando posteriormente a expressiva vitória.
Em São Luís, o futuro legislador do povo presidentedutrense aproveitou sua estada, acompanhado de Ricardo Lucena, do também vereador eleito Dilan Pinto (PCdoB), amigos e foi conhecer de perto as dependências do Palácio dos Leões, sede do governo estadual. Infeliz mostrou-se impressionado com a arquitetura e com a beleza do palácio. O passeio foi mais também para Infeliz tirar a 'ressaca' da campanha e assumir sua cadeira no parlamento de cabeça fria.

TUNTUM: Vem aí o Jogo da Estrelas

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, sob o comando do secretário Francisco Nascimento, o Chiquinho, do promoter Tiago Porto e do empresário Antônio Joaquim, o Tontonho, estão trazendo de volta mais uma edição do Jogo das Estrelas, partida de futebol que reúne os maiores craques maranhenses em atividade no futebol nacional e internacional, contra os melhores jogadores do futebol tuntuense.  

 O grande momento do nosso futebol acontecerá no estádio Temão, dia 10 de dezembro, às 16h. Para entrar e participar da festa, basta doar dois quilos de alimentos não perecíveis. Não fique de fora e participe da festa beneficente em favor dos que precisam.


Lobão

Diego Teles é anunciado pelo Moto Club como primeiro reforço para 2017

Diego Teles chegou a enfrentar o Moto Club este ano no Brasileiro da Série D (Foto: Biamam Prado / Jornal O Estado)
O Moto Club anunciou, na manhã desta sexta-feira (2), a contratação do volante Diego Teles. O presidente Célio Sérgio confirmou que o clube acertou com o jogador, que estava na Juazeirense. Ele jogou contra o Rubro-Negro maranhense na Série D do Campeonato Brasileiro deste ano.
Diego Sousa Teles tem 27 anos, nasceu em Salvador (BA) e jogou, entre outros clubes, por Bragantino, Botafogo-PB, Boa Esporte, Central-PE e Bahia de Feira de Santana.
A diretoria pretende concluir as negociações com mais dois jogadores neste fim de semana e anunciá-los até segunda-feira (5). Um deles é um meia e o outro não teve maiores detalhes revelados.
No confronto pelas oitavas de final, o volante esteve em campo nos confrontos entre Juazeirense e Moto. Na oportunidade, o Moto venceu por 3 a 1, no Castelão. No jogo de volta, a Juazeirense ganhou por 1 a 0, no interior baiano, mas o Moto passou de fase.
Antes deste reforço, o Moto confirmou a renovação de contrato com o lateral-direito Diego Renan e o zagueiro Luís Fernando. Além dos quatro, o time já tem certos, por conta de contratos longos, o zagueiro Wanderson e o lateral-esquerdo Chico Bala. O treinador Ruy Scarpino também acertou seu retorno ao clube.
O time deve se apresentar em janeiro, provavelmente no dia 2. A estreia no Maranhense será no dia 22 do mesmo mês. Ainda em janeiro, no dia 26, o Moto enfrenta o Altos, pela Copa do Nordeste, no Castelão.

Ramos renova com Sampaio e diz que volta à Série B "é questão de honra"

Goleiro Rodrigo Ramos fala em arrancada para livrar o Sampaio do rebaixamento (Foto: Vinicius Bogea /  Sampaio Corrêa)
O goleiro Rodrigo Ramos foi o primeiro nome a renovar contrato com o Sampaio Corrêa. O capitão tricolor esteve reunido com a diretoria do clube nesta sexta-feira e acertou por mais uma temporada com a Bolívia Querida.
- Eu tinha duas propostas. Uma de um clube de Goiás e outra daqui do estado. Mas dentro dessa nova realidade do clube, a gente acabou entrando em um acordo. Renovei por mais uma temporada. Eu saí agora pouco da reunião com o Sérgio (presidente do Sampaio) e a gente renovou por uma temporada. Ano que vem nós estamos juntos nessa disputa de Estadual, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Brasileiro – disse o goleiro ao GloboEsporte.com.
Rodrigo Ramos revelou também o que pesou para permanência no Sampaio. O jogador afirma que “é uma questão de honra voltar com o clube à Série B”.
- Acho que o que pesou foi a questão de minha família já está bem estabilizada aqui em São Luís. Afinal de contas, eu tenho praticamente oito anos de clube. Foram 388 jogos oficiais. Tudo isso pesou bastante. Aliado ao fato de querer muito dá a volta por cima junto com o clube. Para mim é uma questão de honra voltar com o clube à Série B – afirmou.
Rodrigo Ramos é um dos principais nomes da história recente do clube. O jogador esteve no elenco vitorioso que conseguiu acesso da Série D para Série B e havia deixado o Sampaio em 2014. Em 2016, com à Série B em andamento, o jogador retornou ao Tricolor, mas não conseguiu livrar o time do rebaixamento.
As reuniões com jogadores seguem acontecendo. O Sampaio deve divulgar uma entrevista coletiva nos próximos dias para divulgar suas decisões e projetos para 2017.
Rodrigo Ramos renovou por dois anos com o Sampaio (Foto: Diego Chaves/O Estado)


OAB pede que condutas de juíza e promotor sejam apuradas no Maranhão


O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pede a apuração de supostas violações à ordem jurídica praticadas pelo promotor Paulo Roberto Barbosa Ramos e a juíza Cristiana Sousa Ferraz Leite, à frente do caso de irregularidades na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) a época do governo Roseana Sarney, apontadas pelo Ministério Público do Maranhão. A OAB pede que as condutas do promotor e da juíza sejam apuradas pelos conselhos Nacional de Justiça e Nacional do Ministério Público.
Paulo Roberto Barbosa Ramos é titular da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária do Ministério Público do Maranhão e a juíza Cristiana Sousa Ferraz Leite é da 8ª Vara Criminal da Comarca de São Luís. Eles levantaram suspeita do Conselho Federal da OAB por conta das declarações do promotor em uma entrevista coletiva no dia 3 de novembro.
Naquele dia, o promotor deixou transparecer que as investigações do Ministério Público, sobre ações suspeitas na Sefaz, tiveram participação da juíza. A OAB chama atenção ainda para as declarações, dadas no mesmo dia, do procurador-geral de Justiça do Maranhão, Luiz Gonzaga Martins Coelho, sobre a força-tarefa que investigou o esquema na Sefaz. Ele disse que magistrados teriam participado ao lado de delegados e outras autoridades.
Para a OAB, “houve desrespeito, em tese, às leis orgânicas da magistratura e do MP ao supostamente tratarem sobre a condução do processo, em detrimento da defesa”.
Por outro lado, o MP lançou nota à época defendendo o promotor dizendo que “qualquer tentativa de desqualificação do promotor de Justiça configura mera estratégia para tirar o foco dos fatos investigados e que agora estão submetidos ao crivo do Poder Judiciário”.
Enquanto isso, a Associação dos Magistrados do Maranhão saiu em defesa da juíza: "Portanto, não há e nem nunca houve qualquer acordo da juíza com o promotor de justiça ou qualquer outro interessado no andamento do processo."
Entenda o caso
A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney, foi denunciada pelo Ministério Público por suposto esquema fraudulento de concessão de isenções fiscais pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) a empresas, que causou um prejuízo de R$ 410 milhões aos cofres públicos.
Além da ex-governadora, foram acusados pelo MP o ex-secretário de Estado da Fazenda, Cláudio José Trinchão Santos; o ex-secretário de Estado da Fazenda e ex-secretário-adjunto da Administração Tributária, Akio Valente Wakiyama; o ex-diretor da Célula de Gestão da Ação Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda, Raimundo José Rodrigues do Nascimento; o analista de sistemas Edimilson Santos Ahid Neto; o advogado Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior; Euda Maria Lacerda; os ex-procuradores gerais do Estado, Marcos Alessandro Coutinho Passos Lobo e Helena Maria Cavalcanti Haickel; e o ex-procurador adjunto do Estado do Maranhão, Ricardo Gama Pestana.
Destes acusados, o promotor Paulo Roberto chegou a pedir a prisão preventiva de Cláudio Trinchão, Akio Valente, Raimundo José Rodrigues, Edmilson Santos Anid Neto, Jorge Arturo e Euda Maria Lacerda. Contudo, a juíza Cristiana Ferraz entendeu que os réus não ofereciam risco para obstrução do processo e substituiu a prisão pelo recolhimento dos passaportes dos réus.