.. ... ..

16 março 2017

Com larga vantagem, Inter vence o Sampaio Corrêa e confirma vaga

                          D'Alessandro faz gol de falta contra o Sampaio Corrêa (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)
Como já era mais do que esperado, o Inter confirmou a larga vantagem obtiva com a vitória por 4 a 1 no confronto de ida, no Maranhão, e voltou a vencer o Sampaio Corrêa com placar elástico: 3 a 0 no Beira-Rio, na noite desta quarta-feira.  Com isso, garantiu a classificação, com sobras, para a quarta fase da Copa do Brasil. No resultado agregado, o time gaúcho passou com o placar de 7 a 1.  

Mesmo com time misto, o Inter sobrou em campo diante do adversário. Sem o artilheiro Brenner, foi Carlos quem puxou a responsabilidade para marcar os gols – fez dois na partida. D’Alessandro ainda entrou no intervalo e fez um golaço de falta. 


A partir de então, o Inter volta as atenções para o Gauchão. Após derrota para o Juventude, a equipe de Antônio Carlos Zago busca a recuperação diante do São Paulo-RS, sábado, novamente no Beira-Rio. Afinal, atualmente o time está fora da zona de classificação. Já o Sampaio enfrenta o Imperatriz, domingo, no Castelão, pelo Maranhense. 
Com a desvantagem no placar, o Sampaio tratou de tentar pressionar o gol de Marcelo Lomba e marcar pressão no Beira-Rio. Do lado colorado, o time misto mostrava desentrosamento e demorava para se acertar em campo. }

As primeiras chances da partida foram todas em arremates de longe. Pelo Inter, Seijas e William testaram a pontaria. Já Daniel Barros soltou a bomba em cobrança de falta perigosa. Até que o gol gaúcho surgiu aos 41.  Fabinho arrancou pela direita e cruzou na medida para Carlos desviar de cabeça para as redes. Antes do intervalo, Hiltinho ainda exigiu boa defesa de Marcelo Lomba. 

Para o segundo tempo, Zago resolver mudar: colocou D’Alessandro na vaga de Seijas. Era o 350º jogo do gringo com a camisa vermelha. E não é que deu sorte? Com poucos minutos em campo, o camisa 10 cruzou bem e Charles quase marcou de cabeça. 

Aos 23, Carlos voltou a mostrar o faro de artilheiro. Recebeu lançamento longo de Iago e tocou por cobertura na saída do goleiro. Faltava ainda o de D’Ale, que veio num golaço aos 29. O argentino soltou o pé e fez um golaço em cobrança de falta. Fechou o placar com 3 a 0. 


Nenhum comentário: