.. ... ..

18 abril 2017

Trabalhadores rurais ocupam sede do Incra na capital do Maranhão


Ocupação faz parte da Jornada de Lutas Nacional pela Reforma Agrária.  (Foto: Alessandra Rodrigues/ Rádio Mirante AM)

G1
Famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam nesta terça-feira (18), a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em São Luís. De acordo com a coordenação dos manifestantes, cerca de 500 pessoas participam da ocupação, que faz parte da Jornada de Lutas Nacional pela Reforma Agrária.
Em São Luís, o movimento pressiona para a desapropriação imediata de terras com o objetivo de criar assentamentos nos municípios de Imperatriz, Açailândia, Pindaré-Mirim, região do Mearim e do Médio Mearim e Itapecuru.
O MST reivindica também não a titularização dos assentamentos, exige do governo a retirada da Medida Provisória 759, e denúncia os ataques que vão em direção da privatização de lotes, na municipalização da Reforma Agrária, não a reforma da previdência, não terceirização.
Eles também reivindicam a liberação de crédito para os assentamentos e acampamentos nas regiões norte e nordeste do estado, assim como a criação de escolas do campo. Os trabalhadores afirmam que irão permanecer na sede do órgão até serem recebidas para discutir suas demandas com o superintendente e diretores do Incra.

G1

Nenhum comentário: